Transcrição de aulas de medicina

Transcrição de aulas de medicina

Uma das dificuldades em se transcrever aula de medicina é o vastíssimo vocabulário científico ao que o aluno de medicina é exposto durante os 6 anos de curso de medicina, mais o período de residência. Acredito que aulas de medicina podem ser transcritas, mas desde que o tomador do serviço tome alguns cuidados.

Dica 1: Não descuide da qualidade da gravação

Ao se enviar aulas de medicina para transcrição de áudio, o tomador do serviço deve se lembrar que as palavras do jargão médico não são de familiaridade do transcritor, portanto uma gravação claríssima e muito nítida é necessária. Nessa hora, não adianta economizar na ao gravar, tenha pelo menos dois gravadores, sendo que um desses dispositivos esteja pendurado no pescoço do professor, se não houver estúdio de gravação, ou ainda o microfone sem fio esteja na lapela, à altura do peito do professor. Assim você terá gravações nítidas.

Dica 2: Cada professor, um transcritor

O transcritor perde bastante tempo fazendo pesquisas na internet para transcrever corretamente. Desde que o mecanismo de buscas Google surgiu, ficou mais fácil procurar termos, principalmente se usarmos a voz para procurar termos científicos. Assim sendo, ao destinar um transcritor por professor, o cliente acaba ganhando mais fidedignidade na transcrição de áudio e o transcritor mais experiência acumulada nas características de fala e no jargão técnico daquela matéria.

Dica 3: Não contrate vários transcritores aleatoriamente

Se você gostou de um transcritor, reserve para aquele transcritor as aulas referentes a um professor. Lembre-se de que para cada aula de 60 minutos, o transcritor gastará no mínimo 8 horas de trabalho, se o cliente quiser a tarefa bem realizada com qualidade. Caso contrário, encontrará até mesmo inconsistência nos erros. Isso porque um bom transcritor comete erros com consistência, ele acaba tendo um padrão que pode ser corrigido muitas vezes com ações em massa. Tendo as o transcritor essa consistência é que o cliente final se beneficiará da curva de conhecimento, o resultado do trabalho, que certamente será de melhor qualidade do que se juntasse um Frankenstein de pedaços transcritos por diversas pessoas, cada uma com seu padrão de escrita.

Dica 4: Revise sempre o trabalho entregue

Revisar o trabalho entregue pelo transcritor é fundamental para manter a qualidade do trabalho. Assegurar-se disso é obrigação do cliente. As empresas de transcrição de áudio têm apenas o compromisso de ouvir o áudio e entregar o melhor trabalho possível dentro do que foi contratado, ou seja, a transcrição será revisada uma ou duas vezes, a depender do resultado obtido nas medições de qualidade. Assim, para minimizar o estresse da revisão é necessário encontrar um grupo de transcritores que gostam de transcrever aula de medicina e fazem o trabalho com prazer. Não são tantos assim que existem no mercado, portanto se encontrar alguém que se disponha a fazer, valorize seu trabalho.

Conclusão

Transcrever aula de medicina não é fácil pois o médico aprende cerca de 4 mil a 6 mil palavras do vocabulário médico durante os 6 anos de curso. Imagine o transcritor que nunca ouviu falar desses termos, qual é a sensação? Estará boiando o tempo todo. Portanto não é qualquer transcritor que pode fazer esse trabalho, mas sim transcritor que gostem do que fazem e que não têm nenhuma má vontade em pesquisar novos termos. Você pode acreditar, tem gente assim no mercado de trabalho de transcrição de áudio.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Somos o maior blog do Brasil em transcrição de áudio

Facebook https://www.Facebook.com/redetranscricoes/

#transcrição¨ #degravação #sucesso

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – –