TRANSCRICOES.com.br - WhatsApp ou Telegram (11) 94844-3344 - contato@transcricoes.com.br

Transcricoes
Transcricoes

Você está aqui: / O corpo fala e não mente, e o entrevistado?
2014-03-22
O corpo fala e não mente

O corpo fala e não mente.

Lápis Azul O Corpo FalaO corpo fala e não mente (09/02/2016). Não só a vozmas a expressão corporal faz parte do processo de comunicação. Um sorriso, algum sinal de aborrecimento, alguma emoção, o próprio silêncio do entrevistado, tudo isso faz parte da comunicação e é possível “captar” tudo isso através de uma gravação de áudio, e, se corretamente analisado, pode ser devidamente registrado no papel como ocorrência de fala.

Como registrar ocorrências sonoras típicas?

Algumas ocorrências podem ser traduzidas quando são muito evidentes, tais como ((acha graça)) ((riso)) ((risos)) ((suspiro)) ((choro)) etc.

Outras ocorrências são: uhum, aham, ahm, ahn-ahn….

Outras são: ((tsc-tsc)) ((bate palmas))

Nesse sentido, as ocorrências ((entre parênteses duplos)) devem ser tratadas como algo “fora do texto”. Ou seja, podem não receber pontuação depois de sua ocorrência. Podem até mesmo estar fora das aspas duplas.

O corpo falando.

A parte impossível de se transcrever no áudio é a “fala do corpo”. A expressão facial, o franzir da testa, o olhar desconfiado, o desvio de olhar, olhar para baixo….

Mas tem um aspecto interessante, quando o corpo fala. São as posturas da barriga e dos ombros, basicamente. Braços cruzados ou pernas cruzadas, sapatos lustrados, barba bem feita, olhos cansados, marejados, vermelhos… tudo isso deve receber atenção especial do entrevistador.

Certa vez, batendo papo com uma famosa jornalista, ela me disse que só pelo andar, só pelo vestir, só pelas olheiras, dava para saber até onde ela podia chegar com o entrevistado, portanto algumas perguntas deveriam ser evitadas ou outras poderiam oportunamente ser feitas.

O corpo fala e não mente. Isso é revelado por gestos e de outras manifestações inconscientes, refletindo até na fala.

O corpo age naturalmente e não mente normalmente. A não ser os jogadores de poker que conseguem disfarçar e controlar perfeitamente sua “cara de paisagem”, isso não dura muito tempo. Outros sinais de mentira, ou blefe, ou reordenamento de pensamento que o entrevistado faz em seu discurso são as micropausas sonoras, ou não. É importante estar atento às ocorrências tanto da linguagem corporal, quanto da linguagem falada. Nesse momento, o pesquisador deve anotar tudo que achar relevante na entrevista, não só as palavras, mas os gestos. Eles são extremamente reveladores se corretamente registrados na transcrição.

Comunicação corporal.

Confira um livro interessantíssimo sobre o assunto: “O Corpo Fala – A Linguagem Silenciosa da Comunicação Não-verbal”. Autor: Weil, Pierre; Weil, Pierre; Weil, Pierre; Tompakow, Roland; Tompakow, Roland; Tompakow, Roland. Editora: Vozes. Categoria: Linguística / Comunicação.

About the author:

Web aprendiz. Iniciou-se em 2012 na internet em busca de conhecimento. Desde então se encantou com transcrição de áudio.
Top