TRANSCRICOES.com.br - WhatsApp ou Telegram (11) 94844-3344 - contato@transcricoes.com.br

Transcricoes
Transcricoes

Você está aqui: / Diário de um transcritor 10 mandamentos
diário de um transcritor 10

Diário de um transcritor 10.

Diário de um transcritor 10 é o estágio atual em que nos encontramos.

Que engraçado, os clientes sumiram ou os orçamentos minguaram! Estou preocupado com isso. Nunca vi um trem desse, gente! Que coisa. Ô, dó! Mas entrou tão pouco áudio e os áudios que entraram foram de pessoas que já fazem trabalho conosco, ou seja, clientes recorrentes. Foi o pouco que entrou.

De fato, isso aconteceu entre março e abril, tivemos a maior baixa da TRANSCRICOES.com.br em mais de três anos de atividade. O movimento de novos orçamentos praticamente cessou nas primeiras duas semanas de abril. Atribuí o fato ao contexto de instabilidade política no País (impeachment da Dilma pela Câmara dos Deputados que ocorreu no dia 17 de março).

Diário de um transcritor 10, os mandamentos.

Notei que o sucesso de um site de transcrição depende de simples atitudes no dia a dia, que tornará seu nome conhecido pelos clientes. De cada 10, um apenas falará bem de mim e fará propaganda minha e me trará novos clientes. Apenas 1. Em compensação, se o cliente não gostou de meu atendimento, ou alguma coisa do gênero, falará para 10. Então, se meu site não decola, fico pensando no que fiz de errado.

Claro que nem tudo o que faço aos clientes reflete positivamente ou negativamente. Mas, alguém não falar mal de nós já é uma coisa extraordinária. Agora, falar bem é algo raríssimo, é como encontrar uma mina de ouro. A propaganda boca a boca ainda é a melhor ferramenta de Marketing.

Mandamento 01 de 10.

Não trapaceio jamais. Serei honesto na minha transcrição. Tentarei ouvir atentamente (mesmo que seja um áudio difícil e aparentemente não compense), para transcrever bem transcrito. Não pularei palavras ou frases ou marcarei “ininteligência” sem ter ouvido pelo  menos 5 vezes aquele trecho.

Mandamento 02 de 10.

Fico atento às revisões. Faço revisão até alcançar o “Efeito UAU”, que é o bem estar que eu sinto quando estou fazendo revisão e encontro poucos erros. Eu tenho que falar “nossa, ficou bom”. E então, o cliente terá a mesma sensação. Eu sou igual a você é você é igual a mim. Eu sou meu melhor cliente. E na hora da revisão é que temos a oportunidade de reouvir palavras e pesquisar termos desconhecidos no Google, ou no Wikipedia. Vale a pena usar o tradutor Google também.

Mandamento 03 de 10.

Quando pessoas me pedem ajuda, principalmente os clientes, procuro fazer de tudo para facilitar a vida delas. Desde que me simpatize com a pessoa. Tem gente que não vale a pena, por mais que faça vai reclamar. E transcritores também. Quando alguém no mercado está em apuros, procuro ajudar. Mas desde que também receba contrapartida, ou seja, a pessoa me ajude em dificuldades que eu passar.

Mandamento 04 de 10.

Procuro pagar um preço justo para os que nos ajudam. Sempre tento estar aberto a parcerias.

Mandamento 05 de 10.

Tenho que amar o que faço para fazer bem. Assim, se eu não me sentir bem fazendo transcrição ou revisão, não achar interessante cada projeto e cada áudio, no longo prazo o desgaste não compensará. Faria transcrição de áudio gratuitamente, ou adoraria ser assalariado e ganhar por cada trabalho. Seria ótimo.

Mandamento 06 de 10.

Tento em cada trabalho envolver-me, vendo nela a rara oportunidade de participar de entrevistas. Tenho certeza de que se eu tivesse oportunidade, gostaria de estar lá com cada pesquisador, acompanhando a entrevista e anotando as reações do entrevistado.

Mandamento 07 de 10.

A não ser que eu veja que o trabalho não vai ser útil para a pessoa, dispenso o JOB. Muitas pessoas nos consultam com áudios comprometidos, ruins de se ouvir. Continuo produzindo a amostra padrão e faço as três revisões na amostra para ter certeza das dificuldades que terei em realizar a transcrição de áudio ruim. Depois é como se perguntasse, “olha, seu áudio é ruim. Você é um cientista que está fazendo pesquisa. Dados ruins levam a informações ruins e informações ruins levam a conclusões não necessariamente boas. Você tem certeza de que quer fazer essa transcrição?”. É mais ou menos isso que quero dizer quando informo que “o trabalho terá menos qualidade do que o desejado”.

Mandamento 08 de 10.

Não trapaceio ninguém. Não cobro caro e nem cobro barato. Tento cobrar o que garanta minha subsistência, sem ir atrás de lucros exorbitantes.

Mandamento 09 de 10.

Procuro não dispensar nenhum cliente (só aqueles problemáticos, neuróticos) e nenhum transcritor (só os que tentam nos enganar, trapacear ou são relaxados em seu trabalho). Capricho é fundamental, aquele que não atrapalha já ajuda muito. Não gosto de gente grossa (dispenso cliente grosso e transcritor grosseiro).

Mandamento 10 de 10.

Estou sempre pronto para aprender coisas novas, técnicas novas. Adoro conversar. Acho que o corpo humano é perfeito. O cérebro está acima de tudo. Depois vem os olhos e os ouvidos. Em seguida o nariz e por último a boca. O peixe morre pela boca. E gente também. O maior desafio é segurar o músculo chamado língua, para não dizer bobagens, e segurar os dedos para não digitar grosserias.

Acho que é isso. Com Diário de um transcritor 10, terminamos a série ‘Diário de um transcritor’, que é dedicado a todos os que desejam realizar um trabalho honesto e honrado neste ramo, que como qualquer trabalho, tem os que capricham mais e os que não capricham. Então, dedico às muitas pessoas gente fina que encontrei nesta caminhada. Curti cada uma delas.

Não curto é os maus bofes.

Veja então com que gosto se desenvolve o trabalho de Jerry, o transcritor.

Top